Ginecologia Natural: em contato com si mesma


Mana, você conhece alguma mulher que nunca teve algum problema ginecológico? Muito difícil, não é mesmo?

Conheça então, a ginecologia natural. Ela é magia, e permite que sejamos entendedoras de nós mesmas, como nossas ancestrais, que antes do avanço da medicina tradicional, curavam o seu corpo com os frutos da natureza.

São inúmeras as vezes que milhares de mulheres se submetem a tratamentos ginecológicos convencionais que agridem mais nosso corpo, do que de fato nos ajudam e muitas vezes não tratam a raiz do problema.

A ginecologista e obstetra Bel Saide, criadora da plataforma online “Ginecologia Natural” e do e-book “Ginecologia sem hormônio” explicou em uma reportagem para o jornal Globo, que a mulher contemporânea tem se afastado do seu ciclo natural para se adequar ao mercado de trabalho e consequentemente ao mundo masculino.

A ginecologia natural é uma terapia holística que se distancia dos tratamentos convencionais e trabalha, justamente, com o autoconhecimento para que nós, mulheres, possamos entender melhor sobre nosso feminino, o funcionamento do nosso corpo e dos nossos hormônios.

Ela trata a mulher como um todo, e através da terapia tenta reconectar a paciente com seus traumas, com seu ciclo menstrual e até mesmo com a sua espiritualidade. Nesse tipo de tratamento, os principais aliados são ervas, chás, unguentos e instrumentos da medicina chinesa.

O mais interessante é que mulheres diferentes que apresentam um mesmo problema ginecológico, como a Síndrome dos Ovários Policísticos, por exemplo, não necessariamente terão o mesmo tratamento, uma vez que essa terapia holística entende que cada mulher é um universo e apresenta diferentes peculiaridades físicas e espirituais.

Algumas infecções, como a candidíase, podem ser tratadas com banhos de assento com água fria e vinagre de maçã. Fácil né? Ah, e é importante também deixar a vagina respirar, então roupas leves e calcinhas feitas com material suaves são ideais para respeitar nossa parceira e ajudar em quadros infecciosos.

Além disso, para curar aquela cólica chata de início do ciclo menstrual, a camomila é uma forte aliada! Ela ajuda a trabalhar a nossa energia feminina interna, e, de acordo com a Carol Lana, idealizadora do projeto “Curandeiras de Si”, para obter um bom resultado basta começar a tomar o chá de camomila uma semana antes da menstruação chegar.

É importante, mana, que assuntos como esses comecem a ser debatidos e melhor difundidos entre nós, mulheres. Para que assim possamos resgatar nossa ancestralidade e os métodos de cura que nossas avós e nossas tataravós usaram a tantos anos atrás.

Gostou do nosso texto? Venha conhecer nossa lojinha de chás, o primeiro negócio feminista do brasil! Eu tenho certeza que você vai se apaixonar.

#feminismo #ginecologia #natural #ginecologianatural #mulher #corpo #chá #erva #ervas #chás #cura #ancestralidade #menstruação #terapia #holística #terapiaholística #feminino #sagradofeminino #magia

Somos uma revolução silenciosa empoderando mulheres através de um oráculo de chás

© 2018 por THE FEMINIST TEA. Orgulhosamente criado com Wix.com