<< FRETE GRÁTIS PARA COMPRAS ACIMA DE R$ 269 >> << ENTREGAMOS EM TODOS OS ESTADOS DO BRASIL >>

Blog

A imagem distorcida também é um efeito da pandemia!

Você sente que era outra pessoa antes da pandemia? Bem-vinda ao clube. Há quase dois anos, estamos lidando de perto com sentimentos como angústia, medo de perder quem a gente ama, falta de perspectivas com o futuro… Mas, além de tudo isso, talvez sem perceber (ou não!), muita coisa mudou na nossa aparência e na imagem distorcida que temos dela também.

Calma, você não está sozinha nessa. A gente reconhece que a crise também é estética e geral. Discutimos o que pode estar por trás da nossa preocupação com a aparência nesta retomada à vida fora de casa em uma reportagem em vídeo (aproveita e já se inscreve no nosso canal do Youtube para não perder os próximos).

Horas e horas de telas por dia, pessoas nas redes sociais com comportamentos impraticáveis na vida real, uso indiscriminado de filtros do Instagram e até nas reuniões de trabalho não poderiam resultar em outra coisa, não é mesmo?

Agora que a gente está saindo mais e encontrando quem não via há muito tempo, aquela insegurança em relação à imagem está batendo pesada. Basta colocar o pé pra fora de casa para a gente começar a se perguntar: estou mais feia? Flácida? Calva?

Ou seja, por mais que não sejamos mais as mesmas (nem o mundo), por isso aí dá pra ver que tem um monte de coisas que não mudou também, né? A pressão para que a gente esteja sarada, tranquila, de unhas feitas, cabelo arrumado e roupa passada é enorme.

E, como não bastasse fritar pensando nessas coisas, o pior é que a gente se cobra padrões que não fazem sentido algum para pessoas reais, como eu e você. Nessas horas, pare um pouco e lembre que o mais importante, sobreviver, a gente está fazendo. E, cada uma, da melhor forma que pode.

Um beijo,

Verena Paranhos

Gerente de comunidade AzMina

Tag:

Postagem mais antiga
Postagem mais recente