<< FRETE GRÁTIS PARA COMPRAS ACIMA DE R$ 269 >>

Blog

Como seria seu natal se as mulheres decidissem não trabalhar e nem organizar nada?

QUEM FAZ A MAGIA DO NATAL ACONTECER SÃO AS MULHERES E ESTAMOS EXAUSTAS


O natal é lindo.. mas chega dia 26, e estamos exaustas. Miga vc não esta de mimimi, vc está cansada porque trampou muito mesmo. Reconheço seu trabalho, respeito seu cansaço, admiro seu esforço e seu coração bem intencionado, eu sei que não é frescura sua. Você tem todo o direito do mundo de descansar.

Sabe por que ficamos tão exaustas? Pensa ai nas suas festas de natal: quem cozinha o almoço e o jantar? Quem faz as preces? Quem organiza os amigos secretos? Quem compra os presentes? É CLARO QUE SAO AS MULHERES. (Ah tah alguns homens ajudaram, çei!) . 

E além de todo esse trabalho braçal, tem o trabalho emocional: quem liga e convence aquele tio afastado a participar da ceia? Quem facilita e apazigua uma situação de briga? Quem insisti na união e acolhe todos pra que se sintam amados? TAMBEM É UMA MULHER, SUA MAE, SUA AVÓ OU VOCÊ MESMA!

Estamos aqui pra lembrar que as mulheres trabalham tanto quanto os homens, estudam mais que eles, correm, trampam, lutam, sustentam filhos sozinhas, e ainda levam a responsabilidade emocional da família todas nas costas e isso é muito exaustivo.

Migs, você gosta mesmo desse papel ou você se acostumou com ele? Nada deve ser uma obrigação, mas sim uma escolha. É hora de questionar esses papeis que a sociedade patriarcal botou nas mulheres simplesmente pq os homens não queriam ou não sabiam fazer. Agora é hora de tomar consciência e escolher se você quer mesmo isso.

É cansativo ser a mulher que tentou mediar um conflito na sua família bem no meio da ceia de natal. Ser aquela que foi acalmar alguém que tava puto. Ou ser aquela que foi agradar alguém que não estava se sentindo amado, levando um presente, um abraço. As mulheres carregam a carga emocional dos seus círculos de relacionamento o ano todo e isso fica ainda mais intenso nessa época de festas.

Todo esse trabalho do "cuidar" sobrecarrega as mulheres, isso ficou ainda mais evidente nesse ano de 2020 com a pandemia, os home offices, educação a distancia, preocupação com parentes mais velhos e toda a situação que enfrentamos. É amor sim, mas é trabalho também. Cuidado com a romantização da mulher que cuida.


A gente precisa começar a tratar homens como gente grande: gente que sabe o que está fazendo, que tem sua própria responsabilidade emocional. Eles que procurem sua terapia, que sofram as consequências dos seus atos de evitar ou causar conflitos.

Postagem mais antiga
Postagem mais recente