<< FRETE GRÁTIS PARA COMPRAS ACIMA DE R$ 269 >>

Blog

Por que as roupas das atletas mulheres são tão discutidas?

Você provavelmente viu algum post sobre esse caso da Seleção Norueguesa com seus shorts. O que rolou? A organização desses campeonatos esportistas parece ter uma grande preocupação com roupas das mulheres, vamos la:

 

NESSE CASO TAVA MUITO COMPRIDA

A Noruega foi multada em 1,5 mil euros (R$ 9,2 mil) por usar shorts em vez de biquíni no Campeonato Europeu de Handebol de Praia.

A Federação Europeia de Handebol (EHF, na sigla em inglês) disse que aplicou a multa por ser uma "roupa imprópria", uma vez que elas deveriam usar bikinis, a roupa oficial desse esporte.


 

NESSE CASO TAVA MUITO CURTA

A dupla campeã mundial paraolímpica Olivia Breen disse que ficou "sem palavras" depois que uma oficial do Campeonato Inglês de Atletismo disse a ela que suas roupas de competição eram "muito curtas e inadequadas". "Você não tem o direito de dizer o que posso ou não posso vestir", disse Breen a CNN, acrescentando que foi a público para aumentar a conscientização.


A problemática é antiga, há muitos anos as atletas reclamam dessa assimetria nos esportes e dizem considerar o biquíni humilhante e pouco prático no vôlei, do ponto de vista da performance esportiva. "Todo esporte precisa de regras. O problema é quando temos um conjunto de regras só para mulheres", disse à BBC a jornalista esportiva Renata Mendonça.


E por que tudo isso é ruim? 


Atletas alegam que as mulheres no esporte muitas vezes não são levadas a sério, são tratadas como 'colírio'’ como distração, objetivos decorativos que estão no evento para chamar atenção de homens, pra alegrar, embelezar, colorir o esporte (atenção contém ironia nessas palavras).


Isso tudo acaba sendo bem negativo ... afinal, as pessoas falam mais das roupas do que das jogadas ou manobras da atleta. Elas só querem ser atletas: ir lá e mostrar seu jogo, ganhar! Mas a roupa gera tanta discussão que acaba distraindo o público, as mulheres não tem paz nesse mundo mesmo. 



Mas gente, por que o mundo presta tanta atenção nas roupas e corpos de mulheres? De onde vem isso?


Fica evidente aqui que a questão não é a roupa, e sim o controle sobre os corpos femininos e como eles se mostram. É uma situação clara de sexismo e objetificação do corpo das mulheres, mesmo em 2021, ainda tendo que ouvir o que podem ou não podem vestir.


A nudez feminina (parcial ou integral) é aceita quando é pra ser consumida por homens, não é  atoa que tivemos tantos anos revistas como playboy sendo vendidas nas bancas….  dançarinas do Faustão de biquíni na TV no domingo, propagandas de cerveja com caráter absurdamente sexista e por aí vai… Mas se uma mulher decide postar uma foto de biquíni ou um ensaio sensual por sua livre e espontânea vontade seja como protesto ou por qualquer motivo, o que acontece? Ela acaba sendo extremamente julgada. A sociedade acha que não sabemos cuidar dos nossos corpos, mas eles sabem! Controlam, julgam, e opinam… 


Todo dia vemos pessoas FISCALIZANDO corpos de mulheres. Ficar reparando o peso das mulheres, roupas das mulheres, cabelo branco das mulheres e etc é consequência de uma sociedade machista que controla e fiscaliza corpos de mulheres. Ser mulher é isso: o tempo todo estão te falando que algo não está bom o suficiente, no seu corpo, na sua vida, na sua roupa. Enfim, essa fiscalização sempre coloca a mulher no lugar de objeto que existe pra agradar aos homens.


Atenção: isso também vale pra você. 


Agora que estamos tendo acesso a vacinas, é possível que nos próximos meses você se encontre com pessoas que faz tempo que você não vê. Miga, evite comentários como "wow vc emagreceu" ou " wow você engordou". Nunca se coloque no papel de comentarista e fiscal do corpo alheio. A dica é simples: NÃO COMENTE SOBRE CORPOS DAS PESSOAS.

Postagem mais antiga
Postagem mais recente